Abstrações de uma criança.

Foto por ~blyef
(Post de segunda-feira, 27 Set , 2010, 5:12 AM original do deviantart de ~blyef )
Mais um dia começando e eu encerrando mais um ciclo. 

É estranho…

Quando me vejo escrevendo, é algo completamente banal, assim como quando fotografo ou desenho… E então, acontece como que por passe de mágica: Tudo se renova. A leitura é diferente, as cores capturadas ou os traços no papel. Eu paro, penso e concluo: Isto não pode ter sido eu. Mas foi. Vindo de algum cantinho lá no fundo, esse “eu” tão intrigante se revela. Parece que tem queda pela criação. E pela reprodução. É possível notar, nos cliques fotográficos, a carga emocional do momento. É como voltar no tempo sem que notem que estive ausente. Mas estive. E quando volto, o que vejo é isso. Palavras costuradas banalmente com algum sentido “a mais” depois da primeira leitura. Talvez seja porque tenho mania de esquecer rápido as coisas. É, talvez…

Hoje foram cores… Logo logo, a aparente ausência delas…

Como seriam as fotos se as cores dormissem?

Anúncios