Evento: Lançamento Moedas Para o Barqueiro II – Vários Autores

MOEDAS PARA O BARQUEIRO II

VÁRIOS AUTORES

 

 


(clique na imagem para visualizar em tamanho maior)

Olá, como vai?

Venho através deste post formalizar o convite para o lançamento de “MOEDAS PARA O BARQUEIRO II – Contos sobre a Morte, uma antologia de contos da Andross Editora na qual eu participo com o conto “A menina“.

Não é de conhecimento geral, mas já possuo um conto publicado na antologia “Insanas: elas matam…” com o conto “Tinta Vermelho Sangue“.

Este é o segundo lançamento no qual faço parte e para o qual faço convite para que dividam comigo este momento tão bom.

Conto com a sua presença no dia 06/08 às 15HS no CHINA TRADE CENTER, localizado na RUA PAMPLONA, 518, SÃO PAULO – SP, PRÓX À ESTAÇÃO TRIANON-MASP DO METRÔ.

Nos vemos em breve.

Atenciosamente,

A menina.

Anúncios

Cobertura: Lançamento Triplo Na Mira dos livros

Lançamento Triplo (Cursed City + Insanas + Rei Rato) Na Mira dos Livros com participação especial de Pente e Rexona, porque o Schulai e o Danilo estavam de folga (medo!). Foi tudo bem divertido, como já dito no post anterior, e esses dois trollaram todo mundo que cruzou o caminho deles (inclusive essa que vos fala), e quem não cruzou, foi caçado.

Confira o vídeo e o site da Editora Estronho para saber mais sobre Insanas: elas matam e outras obras.

Minha inspiração maior para o conto “Tinta vermelho sangue” é nada mais nada menos do que a minha querida irmã mais velha, rsrs, por diversos motivos, um deles, por ter sido uma das pessoas que mais se esforçou para me ensinar a ler. Os outros, ela e a Ludmilla sabem.

Insanidade e Velho Oeste

Que a Insanas é uma antologia escrita somente por mãos femininas, agora todo mundo sabe. Que não deve se enganar pois aqui não teve espaço para textos sublimes, chick lit, conjecturas sobre o universo feminino e nem saudades da vovozinha que se foi também já foi dito… Porque aqui… Nós matamos!

E no dia 14/05, nos reunimos, para o sofrimento (ou deleite) dos mortais. E com tanta insana reunida em um só lugar, junto com os caubóis e as mocinhas de Cursed City, não teve pra ninguém.

O lançamento triplo de Cursed City, Insanas e Rei Rato no Píer 1327 foi, diga-se de passagem, um grande sucesso! Teve insanas,  caubóis e mocinhas à caráter e à paisana. E vários convidados.

Continuar lendo

Sobre Insanas

Insanas – Várias Autoras


Insanas é uma antologia escrita somente por mãos femininas. Mas não se engane, pois aqui não terá espaço para textos sublimes, chick lit, conjecturas sobre o universo feminino e nem saudades da vovozinha que se foi. Aqui… Elas matam!

A antologia Insanas tirou dessas mulheres o que elas têm de mais cruel de dentro delas. Nem nos piores dias de TPM da sua namorada ou esposa você poderia imaginar tanta violência, descontrole e sadismo.

Prefácio: Ana Cristina Rodrigues
Autora Convidada: Suzy M. Hekamiah
Apresentando: Celly Borges e Carolina Mancini

Textos recheados de crueldade, tortura, sangue, terror, sexo, sadismo, traição, ambição extrema, morte e muito mais. Tudo fruto dessas mentes cruéis. Elas produziram as mais insanas escritas e mostraram do que são capazes. Sexo frágil? Não… Elas podem ser cruéis quando querem.

Fonte: Editora Estronho

Insanas é a primeira antologia da qual eu orgulhosamente participo com o conto “Tinta Vermelho Sangue” e mal vejo a hora de ir ao lançamento!

Quer conferir a capa aberta, quarta capa e material promocional? Clica Aqui! e para saber mais sobre a Editora Estronho e outras antologias, Clique aqui!

2011 atrasado.

Faz tempo que não venho aqui *espano a poeira fina e espirro*. Vou falar sobre esse ano tão… 2011.

 

2011 é o ano. O ano de toda a sorte de surpresas. Boas, ruins, abruptas, sutis… Surpreendentes…

Começou tão sutil quanto a minha tentativa (bem sucedida até agora) de abrir mão de refrigerantes pelo bem da minha saúde. Mas que papo mais caxias (eu gosto de palavras empoeiradas, dá licença?), não é bem disso que venho falar.

Continuar lendo

Quase sem querer ♫

Faz um belo tempo que não apareço por aqui… Mas enfim, como dito no post inaugural do blog, aqui é meu pouso fixo. E para firmar isso, importei do Blogspot uns textos que escrevi e que estavam abandonados lá, mas resgatei e os trouxe para casa, para não “morrerem de frio”.

x

Hum, descobri algo interessante nas aulas da faculdade… Sempre me despertam idéias para discussões, comentários, textos interessantes… Mas basta colocar os pés para dentro de casa e sentar no computador para perderem todo o sentido, toda a “utilidade pública” e acabo por esquecê-las… É meio frustrante, mas sinal que não era para ser escrito, né? Mas enfim.

x

Hoje estou meio adolescente, postando sobre algo inútil para meus leitores, mas tudo bem, todo mundo faz isso, vez ou outra na vida, não? Mas antes que ache que esta foi uma leitura “perda total”, desça um pouco mais os olhos e veja o que resgatei… Uma frase que escrevi há algum tempo e ainda agora ela faz todo o sentido:

“Quando escrevo, não penso nem sou… Apenas sinto.”

(B. Caroline)

Começo.

Não é novidade que eu gosto de blogs… Que tenho vários deles, alguns bem cuidados, outros esquecidos. Como se fossem propriedades espalhadas pela cidade, estado, país ou pelo mundo. Não preciso estar sempre presente em todos eles para que se faça entender que pertencem a mim. E ao mesmo tempo, estão lá, disponíveis a quem quiser ver, visitar. Basta pegar as chaves comigo. Ou neste caso, os links. Mas chega de abstrações pobremente metafóricas e vamos ao que interessa.

Este blog será meio que a minha morada permanente. Mas como toda pessoa no mundo, eu não estarei por aqui alguns dias, viajarei em outros e em tantos outros posso simplesmente não escrever para que ninguém saiba que estou aqui. Mas é aqui a que pertenço.

Olha, eu sou só uma pessoa. Mas eu adoro mesmo escrever… E sobre todas as coisas, em qualquer gênero estilístico, literário ou sexual. Enfim. Eu acho que pode me fazer bem essa nova casa…Mesmo que eu tenha tantas outras para cuidar. É isso, minha mudança para cá começa hoje.

Eu sou Bruna Caroline e espero que

Sejam bem-vindos!